• Especial - Look Festa

    Especial - Look Festa

  • Coque Bailarina

    Coque Bailarina

  • Batalha das máscaras

    Batalha das máscaras

  • It acessório: Tiara de Flores

    It acessório: Tiara de Flores

  • Os benefícios mágicos do pepino para a beleza

    Os benefícios mágicos do pepino para a beleza

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Os benefícios da "Alimentação Crua"



Ao ouvir falar em alimentação crua, muitas pessoas acabam pensando em um determinado tipo de dieta – que permite certos grupos de alimento e exclui outros. Mas, ela vai muito além disso, tratando-se, na verdade, de um estilo de vida.

Foi nos Estados Unidos, na década de 90, que surgiu o movimento chamado raw food (comida crua). No Brasil, ele vem ganhando cada vez mais adeptos. Mas, ainda assim, a alimentação crua é um tema que gera dúvidas entre as pessoas. “São consumidos somente alimentos crus?”, “Quem pode aderir à esta alimentação?”, “Quais são os benefícios?”… Essas são apenas algumas das questões que a maioria das pessoas ainda tem sobre o assunto.




Mas, por quê a alimentação crua tem atraído cada vez mais adeptos? Quais vantagens oferece?

A consideração é que este tipo de alimentação é altamente desintoxicante, o que, consequentemente, traz uma série de benefícios à saúde e ao bem-estar da pessoa.

“Ela facilita os processos naturais de desintoxicação, ou seja, permite que o corpo se organize, sem perder energia com a digestão. Como resultado, o praticante encontra maior bem-estar, clareza mental, alegria de viver, autoconhecimento, serenidade, além de maior vitalidade e entusiasmo para atividades diárias”, explicam nutricionistas.

Dessa forma, podem ser destacados como principais benefícios:

  • Maior disposição física;
  • Melhor qualidade do sono;
  • Entusiasmo em viver;
  • Redução de apetite para alimentos de difícil digestão;
  • Maior sensação de bem-estar;
  • Melhora do humor;
  • Depois de um tempo é comum que ocorra uma consequente perda de peso (embora este não seja o foco);
  • Diminuição do risco de problemas de pressão arterial, além do risco de doenças crônicas, como diabetes, entre outras.



De acordo com especialistas, essa alimentação é indicada para todas as pessoas, de qualquer idade. “O importante é fazer corretamente, se alimentar nas quantidades e variações adequadas e se observar. Ouvir seu corpo”. Não há riscos em seguir essa dieta alimentar. “O único risco é a pessoa se tornar viciada em bem-estar, querer transformar sua rotina mais intensamente e adotar um estilo de vida mais feliz”.

Mas a recomendação para a pessoa que tem interesse nesta mudança alimentar, claro, é buscar uma orientação profissional, para que possa fazer uma introdução gradual dos alimentos na sua dieta cotidiana, respeitando sempre seu corpo. É importante ainda sempre compartilhar os resultados com o médico e/ou nutricionista de confiança.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright (c) Papo Glitz - Todos os direitos reservados. Layout: Michelle Duarte.